Facebook ganha “filtros de Snapchat” no iPhone pegando carona na Olimpíada

Facebook abre câmera imediatamente na área de novos posts na versão mobile

A partir desta sexta-feira (5), o Facebook no celular vai trazer filtros para fotos, com objetos para colocar no rosto e ainda abrir sozinho a câmera. Se você pensou em Snapchat, acertou. O recurso se parece muito com o app. A novidade é um experimento da empresa em apenas dois países: Brasil e Canadá e só vai estar disponível para usuários de iPhone e iPad. O UOL Tecnologia viu primeiro o novo recurso e conta aqui como é.

Segundo Sachin Monga, gerente de produto do Facebook, as escolhas pelos países se devem respectivamente ao início dos Jogos Olímpicos no Rio de Janeiro e ao fato do Canadá ser um país que tradicionalmente posta muitas fotos e vídeos no Facebook — a ideia é incentivar que mais e mais pessoas usem a câmera em vez do teclado para postar. É uma tendência em crescimento, segundo ele.

O Facebook já havia lançado nesta semana outra uma novidade para combater o sucesso do Snapchat: um recurso no Instagram chamado Stories, no qual usuários podem alterar fotos e vídeos com emojis e desenhos na imagem, ah, e eles só ficam disponíveis por 24 horas. Qualquer semelhança não é mera coincidência.

Filtros no Facebook

Ao baixar a versão nova do app para iOS, o usuário notará que o campo de novas postagens mostrará acima dele uma janela com a câmera frontal aberta. Basta puxar essa área para baixo com o dedo para aparecer a nova interface para fotos. Você pode tirar a foto e incrementá-la com selos e filtros bem mais legais e diferentes do que existem hoje. Alguns deles mapeiam o rosto e acrescentam objetos.

Sabendo que você estará em um país que já tem a funcionalidade, via GPS ligado, o aplicativo vai trazer selos e filtros baseados no local, como por exemplo imagens de apoio ao Brasil na Olimpíada ou pinturas com as cores da bandeira no rosto. De novo, se você lembrou do Snap…

Perguntado se a mudança é mais um ataque do Facebook contra o Snapchat, Monga nega. “Uma coisa que temos que manter em mente é que a mudança [de comportamento dos usuários] de textos para fotos e vídeos está acontecendo em todo lugar. No Facebook, no Snapchat, em todas as plataformas. Estamos apenas desenvolvendo nossas ferramentas para trazer essa mudança”, justificou.

Fonte original: UOL

Firefox testa recurso que pode acabar com o famoso ‘erro 404’

Você certamente já se deparou com o erro 404, um código de resposta HTTP exibido pelo navegador quando o usuário tenta acessar uma página da web que está fora do ar ou não existe mais. A Mozilla, desenvolvedora do Firefox, começou a testar um plano ousado: acabar com o erro 404.

O browser está experimentando em seu programa de testes um recurso que substitui a tela de “página não encontrada” por uma versão de arquivo do endereço. Em outras palavras, quando o usuário tentar acessar um site que está fora do ar ou não existe mais, o Firefox poderá mostrar um retrato daquela página, uma espécie de fotografia, não interativa, de quando ela ainda existia.

A função seria opcional e as versões arquivadas das páginas seriam cortesia do Internet Archive, uma espécie de museu virtual da web. O recurso, porém, não deve funcionar com todos os endereços, nem caso a página redirecione o usuário para outro site ou se o HTTP reportar outro erro que não seja o 404. Ainda não se sabe quando o recurso deixará a fase de testes e será liberado para todos os usuários.

Fonte original: OlharDigital

CHEGOU! Pokémon GO é lançado oficialmente no Brasil para Android e iOS

Finalmente! É hoje! Chegou o momento! Depois de tanto tempo de espera, semanas de ansiedade, toneladas de especulações e muita choradeira para que Pokémon GO viesse para o Brasil, agora é oficial: o game já está disponível na lojas mobile do Android e do iOS.

O jogo está sendo distribuído nas lojas de aplicativos dos respectivos smartphones a partir de hoje (3). Se você estava se remoendo pelo fato de os gringos já terem o título, mas você não, é hora de aproveitar e caçar monstrinhos de bolso até não aguentar mais. A nostalgia voltou e agora nós também podemos realizar o sonho de nos tornarmos mestres Pokémon de verdade.

-> Você pode fazer o download de Pokémon para Android na Google Play clicando aqui! <-

-> Você pode fazer o download de Pokémon para iOS na App Store clicando aqui! <-

Pokémon GO foi finalmente lançado
Pokémon GO foi finalmente lançado

Provavelmente, os servidores podem passar por instabilidade em um primeiro momento devido à grande quantidade de volume de acessos. De uma forma ou de outra, você já deve conseguir sair nas ruas e correr para pegar pokébolas e pokémons, parar em pokéstops, capturar Pidgeys e se tornar líder dos ginásios espalhados pela cidade.

História de Pokémon GO

O guia básico de Pokémon GO

1 – Capture muitos, mas muitos pokémons (mesmo que eles sejam repetidos)

No começo, você só vai encontrar Zubats, Pidgeys, Digletts e outros pokémons mais fracos. Entretanto, como todo Magikarp vira Gyarados, é bom guardá-los com você. Vamos explicar em breve como os evoluir, mas por ora basta capturar muitos, mesmo que sejam repetidos. Não tenha medo de ter 10 Caterpies ou 14 Geodudes. Apenas os capture. Você verá que isso é necessário para upar os seus pokémons.

2 – Não precisa gastar dinheiro! Pare em pokéstops para ganhar pokébolas

Com tanto pokémon para capturar, é normal que as suas pokébolas acabem uma hora. Você começa com 50 delas e, em um primeiro momento, parece que só é possível comprar com dinheiro de verdade. Contudo, existem centenas de opções gratuitas para você recarregar os itens. Basta passar nas pokéstops, que são pontos espalhados pelo mapa, para ganhar prêmios. Os locais que fornecem recursos recarregam de 10 em 10 minutos.

3 – Escolher a sua equipe e participar de batalhas é apenas no level 5

Quando começar a sua jornada Pokémon, você será apenas um pimpolho recém-saído das fraldas que mal tem pokémons na sua Pokédex. Se quiser usar as suas criaturas para batalhar e se tornar líder de ginásio, vai ter que esperar um pouco. É preciso ganhar pontos de XP e upar o nível de treinador para 5. Nesse momento, você poderá escolher a sua equipe: Valor, Mystic ou Instinct.

4 – Você pode atacar, esquivar e usar golpes especiais nos combates

Em Pokémon GO, só é possível batalhar em ginásios. Assim como as pokéstops, eles estão espalhados pelo mapa da sua cidade e podem ser conquistados. Caso já haja um líder da equipe rival por lá, você pode batalhar contra ele. Você pode atacar ao tocar na tela, esquivar ao deslizar o dedo para os lados e usar o golpe especial, que é simbolizado por uma barrinha azul, segundo o dedo no display.

5 – O ataque do seu Pokémon depende do CP e do tipo dele

Há um número que não fará sentido para você até que você saia por aí conquistando ginásios: CP. É a sigla para Combat Power ou Nível de Combate, que é o poder do seu pokémon. Para aumentar esse número, você precisa de Stardust e Candies, sobre os quais falaremos em breve. Além disso, as vantagens e desvantagens de tipos permanecem, ou seja, água ainda ganha bônus de ataque sobre fogo.

6 – Para evoluir Pokémons você precisa de Stardust e Candies

Chega de andar por aí com o bolso cheio de Pidgeys. Quando eu vou ter o meu Pidgeott? Para evoluir o seu bichinho, você precisa gastar pontos de Stardusts, que são coletados ao capturar pokémons, defender ginásios ou chocando PokéEggs, e Candies, que são conquistados ao pegar outros monstrinhos. Entretanto, cada Pokémon tem o seu próprio Candy, ou seja, não dá para usar itens de um Pikachu em um Charmander.

Além disso, você pode trocar as suas criaturas repetidas por 1 Candy com o Professor Willow. Viu por que capturar pokémons repetidos vale a pena? Somente capturando muitos dos mesmos é que você vai conseguir evoluir cada um deles.

7 – Você pode chocar PokéEggs enquanto anda, mas a tela precisa estar ligada

PokéEggs são ovos que vão gerar um Pokémon recém-nascido. Você pode ganhar PokéEggs de graça ao parar em pokéstops, mas vai precisar de um item chamado Egg Incubator para chocá-los. Você precisa andar 2, 5 ou 10 km para dar certo; quanto mais longe, melhor a recompensa. Você tem uma incubadora logo quando começa o jogo e ela nunca vai ser perdida, mas você pode comprar mais delas, que são temporárias. No entanto, fica a dica: sair por aí andando com o celular no bolso enquanto ouve música não adianta nada, você precisa ter o jogo aberto para funcionar.

8 – Há alguns pokémons que não são encontrados em qualquer lugar ou hora

Se você acha que o Lapras, o Blastoise e os outros mais da hora vão estar na esquina da sua casa, se enganou. Cada tipo de pokémon tende a aparecer em locais específicos. Não entendeu? Pokémons de água vão aparecer próximos de lagos, rios e ambientes úmidos, assim como criaturas fantamas aparecerão em áreas residenciais durante a noite.

Dicas, truques e tutoriais para você se dar bem

Pensando no guia para ajudá-lo neste momento, listamos abaixo tutoriais e dicas para você se dar bem na largada para se tornar um mestre Pokémon. Confira:

Quer saber se o seu celular roda o game? Dê uma conferida na nossa lista de requisitos necessários neste link e veja quais smartphones famosos aceitam o jogo.

Agora que o game finalmente saiu, qual será o seu objetivo? Pegar a maior quantidade pokémons que você conseguir e ter uma grande variedade, focar em fortalecer um único monstrinho ou apenas sair por aí e se divertir? Conte para nós na seção de comentários quais pokémons você já capturou e se o jogo está funcionando bem na sua cidade.

Fonte original: TecMundo

Pokémon GO: como rodar em celulares ASUS ou demais modelos não compatíveis

Desde o lançamento de Pokémon GO no Brasil, no dia 3, muitos jogadores ficaram alucinados para brincar com o game. Entretanto, se você faz parte da galera que não conta com um smartphone elegível para rodar o game – que você pode conferir nesta matéria –, ainda há esperanças de experimentar e testar o app.

Basicamente, é necessário instalar o utilitário por outra fonte que não seja a Play Store. Porém, há um grande problema nisso: diversos oportunistas estão utilizando a ansiedade dos fãs para distribuir cópias com vírus ou malwares. Na contramão disso, a ASUS disponibilizou o app em seus servidores, portanto se tornou uma fonte confiável para baixar. Confira o procedimento.

Permita a instalações de fontes externas e baixe o APK

O primeiro passo é permitir que fontes externas, ou seja, fora da Play Store, possam ser instaladas no seu smartphone. Para isso, vá em Configurações > Segurança > Fontes Desconhecidas e deixe a opção habilitada.

Sem seguida, baixe o APK neste link. Caso faça o download pelo computador, você terá que conectar o seu smartphone (como o Zenfone 5, da ASUS) no computador com um cabo e passar o arquivo para qualquer pasta do celular. Caso baixe diretamente pelo aparelho, basta executá-lo.

É só seguir os passos rápidos da instalação e ir até o fim, que resultará na tela de login do game. Neste momento, você pode se conectar com a sua conta da Google ou com uma Pokémon Trainer Club Account.

Forma de instalação pode mudar de dispositivo para dispositivo
Forma de instalação pode mudar de dispositivo para dispositivo

A desvantagem: repetir o processo de vez em quando

Apesar de ser uma luz no fim do túnel para quem não conseguiu baixar o aplicativo diretamente da Play Store, as coisas não são tão simples quanto parecem. Por conta da falta de suporte da loja da Google, você não vai conseguir atualizar o seu jogo quando precisar.

Em outras palavras, você sempre precisará buscar outras fontes (às vezes, de lugares não confiáveis) para encontrar o APK na versão correta.

Fonte original: TecMundo